Eu sou a Universal! A publicidade iurdiana e a concretude da felicidade terrena

  • Atualizado: 30 Janeiro 2015
  • Tamanho: 637.66 KB
  • Downloads: 44
  • Autoria: Karla Patriota Bronsztein | Emanuelle Gonçalves Brandão Rodrigues

Resumo:  Neste artigo analisamos a campanha publicitária da Igreja Universal do Reino de Deus -, “Eu sou a Universal!”. A reflexão é feita a partir de alguns dos postulados da Análise do Discurso  –  AD, de linha francesa utilizando, principalmente, os conceitos de lugar  de  fala  e  Ethos. A análise revela  que  a  publicidade  da  igreja  é  estruturada  em diálogo com os postulados doutrinários e teológicos da própria denominação, mesmo silenciando  seus  aspectos  eclesiásticos,  para  que  os enunciadores-personagens encarnem,  em  suas  vidas,  a  “concretude  da felicidade  terrena”,  obtida  na  adesão  à Universal.

Palavras-chave: Igreja Universal; Publicidade; Discurso.